17/11/16

Encerramento do Jubileu na Paróquia

Há a misericórdia que nasce do coração (cor). É a verdadeira praticada com o pobre (miser) e que se deve praticar sempre que alguém precise de ajuda. Foi nesta perspetiva que foi criada a primeira misericórdia em Portugal (1498) pela devota rainha D. Leonor, esposa de D. Manuel I. Mui­tas terras foram aderindo aos estatutos “Santa Misericórdia de Lisboa”. 
Ovar teve misericórdia mas não nos moldes da de D. Leonor, funcio­nando com regras estabelecidas localmente entre a Paróquia e a admi­nistração local, de que ficou tradição pelo funcionamento da celebrada “barca da Misericórdia” e pela construção do primeiro Hospital de Ovar.

No jubileu da Misericórdia, mais do que falar da Misericórdia de Deus para connosco, que sabe­mos ser infinita, há que olhar para a misericórdia que não praticamos, por omissão, quer com os mais frágeis, quer na sociedade ou na Igreja. Foi esta a mensagem dirigida pelo Pároco de Ovar aos numerosos católicos que quiseram celebrar, publicamente, o Jubileu da Miseri­córdia da Paróquia.


O encerramento do Jubileu da Misericórdia no domingo, 13 de novembro, teve início pelas 15 horas na Igreja da Santa Casa da Misericórdia, continuando com uma peregrinação silenciosa até à Igreja Matriz, repleta de fiéis, que participaram na Eucaristia festiva, concelebrada pelos párocos de Ovar e Arada, animada por um coro da Paróquia, com representação das obras e associações religiosas da comunidade. 


Os ritos iniciais da celebração foram acompanhados pelos fiéis no exterior e no interior da Igreja da Misericórdia.



O Cortejo com crianças e adultos eram intercalado pelas insígnias dos movimentos da Paróquia, a começar pela Catequese, acólitos e escuteiros.


Estão de parabéns os Catequis­tas e as crianças, suas educandas, com as suas famílias, as Irmanda­des, escuteiros, a PSP, que orientou o trânsito, e outros auxiliares e servidores da Paróquia.
O tempo, que na véspera esteve chuvoso, apresentou-se cálido e convidativo, bem próprio de um clássico verão de São Martinho. 




O Jubileu da Misericórdia não terminou neste dia com a entrada da Porta Santa da Igreja Jubilar. Esta ficou aberta para que os paroquianos de São Cristóvão de Ovar continuem a entrar na sua Igreja Matriz, lembrando a inserção de cada um na comunidade cristã.



Clique AQUI
para ver a abertura da Porta Santa
(20 de dezembro de 2015)
Fotos: Fernando Pinto

15/11/16

Capa do jornal ovarense JOÃO SEMANA - 15 NOV. 2016


NA CAPA:
- Celebração da Missa Nova do Padre José Gregório
- Encerramento do Jubileu na Paróquia
- Contacto leva à cena “O Cavaleiro da Triste Figura”
- Dois artistas vareiros na redação do “João Semana”

NO INTERIOR:
- “Mar e outros poemas” na Biblioteca
- Uma vareira no futebol europeu
- Capelas do Furadouro (1759-1968)
- Pobreza e miséria não são o mesmo
- Valter Hugo Mãe no Museu de Ovar
- Figuras típicas – O Corvim

AJUDE O JORNAL DA SUA TERRA: 
ASSINE O "JOÃO SEMANA" (fundado em 1914)
(Mais de um século a informar os ovarenses é obra!)

CONTACTOS: Redação e Administração:
Av. do Bom Reitor - 3880-110 Ovar - Tel.: 256574173

PREÇO DA ASSINATURA ANUAL
(Impressão a preto e branco)
NORMAL: 12,50 euros
ESPECIAL (estrangeiro): 25 euros
VERSÃO PDF/COR: apenas 15 euros

Se quiser ser assinante (jornal em papel ou em PDF, a cores)
envie-nos o seu nome e morada para o nosso e-mail jornaljoaosemana@sapo.pt

14/11/16

Missa Nova do Padre José Gregório - 6 de novembro de 2016



"Anunciamos, Senhor, a Vossa morte,
proclamamos a Vossa ressureição"


Ordenação sacerdotal em Santa Maria da Feira

A Paróquia de S. João de Ovar foi enriquecida com a ordenação presbiteral do missionário Passionista Padre José Gregório Duarte Valente , do Salgueiral de Cima, filho de Manuel Valente Duarte Costa e de Maria Rosa Pereira Costa, numa celebração solene presidida pelo Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, celebração essa que teve lugar na Igreja dos Passionistas, em Santa Maria da Feira.
Cortejo de entrada para a Igreja de Santa Cruz (Passionistas), Santa Maria da Feira
O momento da ordenação do Padre José Gregório Duarte Valente

O Sr. Bispo do Porto, D. António Francisco dos Santos, durante a Missa Nova

Celebração da Missa Nova em São João de Ovar

A Missa Nova do Padre José Gregório decorreu em 6 de novembro no Salão Paroquial de S. João de Ovar, com o espaço de culto repleto de público. Destaque para a presença de muitos sacerdotes, diáconos e acólitos, bem como de Salvador Malheiro, presidente da Câmara Municipal de Ovar, Domingos Silva, vice-presidente da edilidade vareira, Bruno Oliveira, presidente da União de Freguesias de Ovar, José Fragateiro, presidente da Assembleia de Freguesia da UFO, e das associações religiosas e culturais de S. João de Ovar.

Início da procissão

Depois de subidos os degraus do altar, o Padre Gregório prepara-se para iniciar a sua missão

Durante a celebração da primeira Eucaristia

Família e amigos manifestam a sua alegria neste dia marcante na vida do novo sacerdote


A bênção final


Símbolos do tapete à entrada da celebração

À noite, no auditório da Associação Cultural e Recreativa de Sande, Salgueiral e Cimo de Vila, decorreu um jantar-convívio que contou com a presença de centenas de participantes, e em que foi passado um vídeo sobre a vida do Padre José Gregório, desde sua infância até ao sacerdócio, e lidos, por Patrocínia Silva, poemas de Eduardo Valente, de Sande, dedicados ao novo sacerdote.

Fotos: MPB

17/10/16

Todos os Santos e Fiéis Defuntos

Porque o dia 2 de novembro, que correspondente à Comemo­ração dos Fiéis Defuntos, é dia de trabalho, e porque o dia 1 de no­vembro – dia de Todos os Santos – volta a ser feriado, o sufrágio pelos defuntos e a visita ao cemitério de Ovar realizar-se-á no dia 1, da parte da tarde, com o seguinte horário:
16h00 – Missa na Igreja Matriz
17h00 – Visita ao cemitério

16/10/16

"Passo a Rezar"



"O Passo-a-rezar nasceu em fevereiro de 2010. É uma iniciativa do Secretariado Nacional do Apostolado da Oração uma obra da Companhia de Jesus (Jesuítas) que se dedica à promoção da oração pessoal.
Disponibiliza diariamente, no próprio site e através das suas aplicações móveis, ficheiros mp3 que podem ser descarregados e ouvidos a partir de qualquer dispositivo eletrónico que suporte esse formato. Estes ficheiros são meditações áudio a partir dos textos da liturgia do dia.

Clique AQUI
para ouvir os "PASSOS DIÁRIOS"

15/10/16

Via Sacra da Catequese em Fátima


Ir a Fátima no feriado de 5 de outubro tornou-se para muitos portugueses um hábito enraizado. Assim foi, uma vez mais, para os catequistas de São Cristóvão de Ovar, que se deslocaram à Cova da Iria para ali honrarem a Padroeira de Portugal e pedirem a sua bênção para o Ano Catequético que agora começou, comprometendo simultaneamente a paróquia, catequistas, pais e crianças.


Clique AQUI para ver a Via Sacra


Depois de ter rezado de manhã, na Capelinha das Aparições, e de ter participado na Eucaristia Solene da Celebração do Jubileu da Misericórdia da Diocese de Viseu, o grupo de catequistas de Ovar fez o percurso da Via Sacra, que foi vivido como caminho de conversação.

Fotos: Fernando Pinto (1 e 2), M. Pires Bastos (3)

Vida Eclesial

Preparação para o Crisma
Tem início em meados de no­vembro, no Salão Paroquial de S. João de Ovar, um curso de prepa­ração para o Crisma dirigido aos adultos maiores de 25 anos. Os interessados devem fazer a sua inscrição nas respetivas paróquias.

IJMJ tem casa nova em Viseu
Em Viseu, as Irmãs do Instituto Jesus Maria José, que tem em Ovar a sede da Província Portuguesa – a sede generalícia é em S. Paulo, Brasil –, celebraram em 24 de setembro último três acontecimentos: os 136 anos do seu Instituto, fundado em 1880 por Madre Rita Amada de Jesus, que foi beatificada em 28 de maio de 2006, as Bodas de Ouro da Irmã Inês Dias Quental, e a inaugura­ção das novas instalações do Instituto em Viseu, cidade onde dirigem um centro social de grande prestígio.
Apóstola do Rosário, da Família e da Eucaristia, como lembrou, na celebração festiva, D. Ilídio Leandro, Bispo de Viseu, a Beata Rita fundou e orientou vários colégios femini­nos, numa altura em que não havia qualquer escola pública no distrito visiense, e orientou para a vida con­sagrada dezenas de religiosas que, após a instauração da República em Portugal, se radicaram no Brasil a partir de 1912.

Jornadas Nacionais da Pastoral Familiar
Decorrem em 22 e 23 de Outu­bro, em Fátima, no Seminário do Verbo Divino, as Jornadas Nacionais da Pastoral Familiar. Do programa consta a discussão dos temas: “Uma leitura da “Amoris Laetitia”, por D. António Marto, Bispo de Leiria­-Fátima, “Preparar o matrimónio e acompanhar os casais novos”, pelo P.e Carlos Carneiro (sacerdote jesuíta), “Acompanhar, discernir e integrar as situações “irregulares”: a liberdade e a responsabilidade do bispo diocesano”, pelo cónego Arnaldo de Pinho. Por fim, vai haver uma partilha vivencial com o casal Alexandra e Manuel Alves e com o P.e Gonçalo Amaro.

Peregrinos polacos em Ovar
Um grupo de trinta e cinco ci­clistas oriundos de uma paróquia da Polónia, bem equipados, passou por terras de Ovar, em viagem de pere­grinação a Santiago de Compostela, tendo pernoitado nas instalações da Paróquia, de acordo com o que fora combinado, vários meses antes, pelos responsáveis, que vinham apoiados por um carro ligeiro e por um furgão de carga, de nada preci­sando, senão de alojamento.



Chegados ao fim da tarde do dia 20 de setembro, depois de guar­darem as suas mochilas e as suas bicicletas, participaram na Missa da Paróquia e fizeram questão que o pároco os abençoasse após a oração da noite.


Fotos: MPB

01/10/16

Jubileu da Catequese


No último domingo, dia 25, celebrou-se em Ovar o Jubileu da Catequese, presidido por D. António Augusto de Azevedo, Bispo Auxiliar do Porto, que teve início na Igreja de Santo António (na foto), prosseguindo em cortejo processional através das ruas centrais da cidade, até à Igreja Matriz, onde continuou o cerimonial.


Grupos representa­tivos de paróquias desta Vigararia têm celebrado o Jubileu do Ano da Miseri­córdia visitando uma das duas Igrejas consideradas Jubilares: Espinho e Ovar.


A Matriz vareira, de­pois de ter acolhido, em datas anteriores, as paró­quias de Ovar e Válega, para celebrarem o Jubileu da Misericórdia, recebeu no dia 25 de setembro, para celebrar o Jubileu da Catequese, uma boa percentagem dos cerca de 500 catequistas das 14 paróquias com os seus párocos e diáconos.



Próximos Jubileus em Ovar:
15 de outubro – S. Pedro de Ovar (15h30);
13 de novembro – S. Cristóvão de Ovar (17h30).

TEXTO: P.e Manuel Pires Bastos. FOTOS: Jornalista Fernando Pinto

Irmão Edgar Marques regressa a África



O Irmão Edgar Marques, que passou alguns meses em Ovar e que regressa no início de outubro a Moçambique, onde trabalha como Missionário da Boa Nova, agradece aos seus conterrâneos as ofertas que de boa vontade quiseram entregar-lhe destinados aos serviços de cari­dade que tem a seu cargo em África, onde permanece desde há 47 anos.

30/09/16

Jornal ovarense JOÃO SEMANA - 1 de OUTUBRO de 2016


Clique AQUI
para ver os títulos e as outras capas


Há quatro anos – em 15/06/2012 – publicou o “João Semana” um texto intitulado “Culto judaico em S. Vicente de Pereira?”, em que dávamos conta de um achado feito por nós naquela freguesia, próximo da capela de São Geraldo. Esse texto encontra-se, desde então, na Internet – pesquisar por aquele título –, seguido de outros textos relacionados com o assunto e publicados posteriormente no mesmo periódico.
Demos conhecimento desse facto a várias entidades, incluindo a Câmara Municipal de Ovar, que se mostrou sensibilizada com o achado – uma casa com eventual ligação ao judaísmo –, diligenciando, connosco, chamar ao local de peritos na matéria, como a Prof. Elvira Mea e o rabino Daniel Litvak [na foto], e comprometendo-se a enquadrar a questão na política cultural do município.


Os anos rolaram com algum desgaste no conjunto edificado, constituído por uma antiga casa térrea, de lavoura, supostamente quinhentista, de que restam uma sala com um Ekhal (armário judaico para guardar a Tora, o Pentateuco, com os cinco primeiros Livros da Bíblia), uma cozinha destelhada, uma arru­mada com a entrada de carros, acomodações para o gado, e uma atafona com a casa de moinho de triturar cereais e o respetivo engenho, movido por um animal. Um pouco além, tem assento uma outra casa, sobradada, do séc. XIX.
Finalmente, concluídas com êxito as indispensáveis diligências para a aqui­sição do prédio, os atuais proprietários e a Câmara irão formalizar o contrato de compra e venda do prédio, no valor de 125 mil euros, tornando possível dar àquele espaço o destino mais adequado: transformá­-lo em casa-museu de São Vicente de Pereira, onde, numa pequena e pobre sala que serviu, até há mais de um século, o culto judaico, foi acrescentada, no alto do seu Ekhal (Haron Hacadesh, símbolo da fé de Moisés), uma cruz de Cristo, o que denuncia a prática do crip­tojudaísmo.
Segundo Salvador Malheiro, presidente do município, “para além da re­cuperação deste património, único no nosso território, que se encontra muito degradado, o objetivo é incluir Ovar na Rota da Judiaria, contribuindo, tam­bém por esta via, para o desenvolvimento turístico e económico do concelho, atendendo ao valor patrimonial, cultural e histórico deste local”. Texto e foto: Manuel Pires Bastos

[CLIQUE no link, a azul]

Sítios que pode visitar

CLIQUE nos links, a azul, 
para entrar nas páginas








VEJA mais
na barra lateral

24/09/16

Escola de Música “Novos Sons” - Inscrições

Estão abertas as inscrições para o ano letivo 2016/2017 para a Escola de Música Novos Sons. Para além da aprendizagem de música tem também disponível Expressão dramática e Oficina da Imagem. Para mais informações contactar o mail e.musica.novos.sons@gmail com o ou telem. 912735405.

14/09/16

Vida Eclesial

Jubileu da Catequese
Em 25 de setembro (domingo) celebra-se em Ovar, a partir das 17 horas, sob a presidência do Sr. Bispo do Porto, o Jubileu Vicarial da Catequese, destinado a todos os catequistas da Vigararia de Espinho/ Ovar. Terá início na Capela de Santo António, às 16h30, de onde partirão em direção à Igreja Matriz, terminando com a celebração da Eucaristia.

Missa Nova do Padre Gregório
Após um ano de trabalho missionário em Áfri­ca, como diácono, vai ser ordenado sacerdote em 30 de outubro, na Igreja dos Passionistas, em Santa Maria da Feira, o jovem José Gregório Valente, natural do Salgueiral de Cima, S. João de Ovar.
A Missa Nova do P.e Gregório, prevista para o domingo seguinte, 6 de novembro, no Salão Paroquial de S. João de Ovar, constituirá um dos momentos altos daquela paróquia, que ainda há poucos anos viu subir os degraus do altar outro dos seus filhos, o P.e Artur Teixeira, atualmente a residir em Roma, a desempenhar o alto cargo de Superior Geral do Coração de Maria (Claretianos).

Encontro com casais novos
Realiza-se em 25 de setembro, pelas 14h30, na Casa Diocesana de Vilar, Porto, o 3.º Encontro Diocesano de Casais Novos, presidido pelo bispo do Porto, D. An­tónio Francisco, em que o P.e Vasco Pinto de Magalhães, falará sobre o tema “Casamento: uma riqueza ou um risco?”.
Inscrições até 18 de setembro, através do http://www.pastoralfamiliarporto.pt/bensao­-dos-casais-novos.php ou nas respetivas paróquias.

“Os Congregados do Porto”
Em 19 de setembro, das 18h00 às 22h00, no Centro de Estudos de História Religiosa, o Dr. Eugénio Francisco dos Santos, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, apresenta o tema “Os Congregados do Porto: sua ação pastoral e pedagógica”, inserido no ciclo de 2016 do Seminário de História Religiosa.

Casa-Museu de Arte Sacra da Ordem Franciscana Secular
Até ao próximo dia 30 de setembro pode visitar na Casa-Museu de Arte Sacra da Ordem Franciscana Secular a exposição “Paixão, Sete Passos”, com obras de Adelino Pinho, Ana Maia, António Alves, António Melo Rosa, João Caetano, Rosa Bela Cruz e Sara Alves.